27 de maio de 2024

Bolsonaro afirma que ministro do STF quer provocá-lo

O presidente Jair Bolsonaro criticou o ministro Alexandre de Moraes neste domingo (17). O ministro do STF havia dado um prazo de 48 horas para que o presidente se manifeste sobre supostos discursos de ódio e violência política apontados em ação movida por sete partidos

O presidente afirmou que o ministro não está buscando soluções, mas quer provocá-lo.

“O cara, em uma sexta-feira, dar 48 horas, ele quer provocar. Ele quer provocar, ele não quer o diálogo, não quer a solução. Parece que o espírito de Fidel Castro encarnou em alguém aqui no Brasil”, reclamou o presidente, comparando Moraes ao ex-presidente de Cuba.

Bolsonaro ainda questionou a quem o ministro quer intimidar com a atitude.

“Ele tem que agir de acordo com os autos, e ali ele faz seus questionamentos, pede que a Polícia Federal investigue mais. Ele quer intimidar quem? O que ele está buscando? Está buscando paz, tranquilidade e harmonia entre os Poderes?”, questionou.

O pedido para que o presidente se posicione vem de uma ação movida por parlamentares de sete partidos que acionaram o Tribunal Superior Eleitoral para começar a abertura de uma investigação sobre Bolsonaro por incitação à violência política e discurso de ódio.

Fonte: D24am

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading