23 de julho de 2024

Os detalhes que a própria rainha Elizabeth II escolheu ao planejar seu funeral

rainha Elizabeth II planejou parte de seu funeral, segundo o Palácio de Buckingham. Entre os pedidos da monarca, que morreu na semana passada aos 96 anos, está a execução de uma música por seu gaiteiro de fole oficial.

O funeral, que vai ocorrer na Abadia de Westminster na segunda-feira (19), provavelmente será um dos maiores eventos cerimoniais realizados na Grã-Bretanha desde a Segunda Guerra Mundial.

Todo o país vai observar dois minutos de silêncio quando terminar o evento, pouco antes do meio-dia no horário local.

Espera-se que a cerimônia, com a escolha de músicas e leituras, reflita as escolhas pessoais da rainha para seu próprio funeral.

Assessores do palácio dizem que ela foi consultada sobre todas as etapas.

Entre aqueles que confirmaram presença no funeral estão o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o presidente da França, Emmanuel Macron, e Jair Bolsonaro, presidente e candidato à reeleição no Brasil.

Além de membros da monarquia britânica, políticos e líderes mundiais, outras 200 pessoas devem participar do funeral, como alguns amigos que frequentavam o aniversário da rainha, e profissionais que trabalharam na pandemia de Covid-19.https://bdf6df0402d894d76233f2909aafdc64.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Um desses convidados é Tony Gledhill, um policial aposentado de 84 anos que foi premiado com a George Cross, a mais alta condecoração civil do Reino Unido. Ele ficou conhecido depois de ser baleado 15 vezes e sobreviver. “Estou incrivelmente emocionado por ter sido chamado”, disse.

O organizador oficial dos eventos de segunda-feira, o Conde Marechal Edward Fitzalan-Howard, Duque de Norfolk, disse que seu papel era “ao mesmo tempo humilde e assustador”.

O duque, que assumiu o cargo hereditário em 2002, disse que o evento de segunda-feira visa “unir pessoas em todo o mundo com pessoas e de todas as religiões”.

Os eventos vão começar com uma procissão: o caixão da rainha será transportado de Westminster Hall, onde ela está no momento, para a abadia.

FONTE: G1

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading