Warning: sprintf(): Too few arguments in /home/sergio/public_html/wp-content/themes/covernews/lib/breadcrumb-trail/inc/breadcrumbs.php on line 254

UGPE e Suhab convocam as primeiras 276 famílias da Comunidade da Sharp para início de desapropriação e reassentamento

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) e a Superintendência Estadual de Habitação (Suhab-A), órgãos do Governo do Amazonas, começaram a entregar, na segunda-feira (25/07), os convites para as primeiras 276 famílias da Comunidade da Sharp que serão atendidas pelo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+). Nestas quarta e quinta-feira (27 e 28/07) serão realizados mutirões para a entrega de documentos pelas famílias que passarão pelo processo de desapropriação e reassentamento.

Os mutirões para a entrega de documentos serão das 9h às 16h, nos dois dias, na Escola Estadual Manoel Rodrigues, na avenida Itacolomy, nº 16 – bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus.PUBLICIDADE

O coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, explica que, nesse primeiro momento, estão sendo convocadas para o mutirão 276 famílias que já estão com suas casas seladas e certificadas pelo núcleo social da UGPE. Metade dos convites foi entregue nesta segunda-feira e a outra será entregue nesta terça-feira (26).

De acordo com a Suhab, as famílias que receberam os convites devem comparecer ao mutirão munidas de todos os documentos pessoais e do imóvel, conforme relação entregue pela UGPE nas reuniões realizadas ao longo das duas últimas semanas na comunidade.

Segundo o diretor-presidente Suhab-AM, Jivago Castro, as assistentes sociais estiveram na comunidade, juntamente com a SEAS e UGPE. “Ao todo, 22 servidores entraram na Comunidade da Sharp para a primeira entrega de 154 convites aos moradores cadastrados no Prosamin+, que foi concluída com sucesso. As equipes vão retornar na terça-feira (26), para a conclusão do trabalho”, explicou.

A subcoordenadora do setor social da UGPE, Viviane Dutra, explicou que só devem comparecer ao mutirão aquelas famílias convocadas pela UGPE e Suhab. “O Prosamin+ acontece por etapas e essa é uma delas. É quando tudo aquilo que foi falado nas fases anteriores se concretiza. Agora, inicia a fase de preparação para o reassentamento. O mutirão é o primeiro passo para que a gente possa avaliar o perfil social, para fazer a avaliação da documentação das famílias e para que possa dar o ‘start’ nas visitas do setor de engenharia que faz a avaliação dos imóveis. São essas três etapas que definem a solução de atendimento de cada família”, destaca Viviane.

A família de Stefane Ferreira dos Santos, que mora na Comunidade da Sharp há 5 anos, está entre as que serão reassentadas neste primeiro momento. “Estou ansiosa, porque a gente vai sair daqui. É uma coisa que estava esperando há muito tempo. Só de pensar, nossa, fico muito feliz mesmo”, comemora a dona de casa.

As desapropriações seguirão o Plano Diretor de Reassentamento (PDR) do novo Prosamin +, que define as soluções de reposição de moradia e tipo de indenização, conforme a tipologia e uso do imóvel, se residencial, comercial ou institucional.

O post UGPE e Suhab convocam as primeiras 276 famílias da Comunidade da Sharp para início de desapropriação e reassentamento apareceu primeiro em Agência Amazonas de Notícias.

FOTO: Tiago Corrêa / UGPE

FONTE: INFORME MANAUS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.