23 de julho de 2024

‘Colômbia’ e ‘Pelado da Dinha’ são transferidos para presídio de Manaus

Ruben Dario da Silva Villar, vulgo “Colômbia” e Jefferson da Silva Lima, o “Pelado da Dinha”, foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória Masculino de Manaus (CDPM 1), nesta segunda-feira (25). Eles foram presos suspeitos de envolvimento na morte do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Philips.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), “Colômbia” e “Pelado da Dinha” estavam no Centro de Triagem do sistema prisional desde o sábado (23) e  foram transferidos para celas comuns do CDPM1.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Pelado da Dinha, dos Santos e Pelado devem ser julgados por duplo homicídio qualificado e ocultação de cadáver. O crime ocorreu em junho, no município de Atalaia do Norte, no interior do Amazonas. Dom e Bruno foram executados a tiros e depois foram esquartejados, queimados e enterrados no Vale do Javari.

Na última sexta-feira (22) a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de “Colômbia”, e encontrou inúmeras identidades falsas e um Registro Administrativo de Nascimento de Índio (Rani) onde ele afirma ter nascido na Comunidade Indígena Boa Vista.

Fonte: D24am

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading