27 de maio de 2024

Ex-técnico da ginástica brasileira é condenado a 109 anos por estupro

Foi condenado nesta terça-feira (4), o ex-técnico da seleção brasileira de ginástica, Fernando de Carvalho Lopes, pelo crime de estupro de vulnerável contra quatro vítimas, por 109 anos. A decisão cabe recurso.

O crime foi denunciado e ficou em evidência no país, após um reportagem em abril de 2018. O processo corre na 2ª Vara de São Bernardo do Campo (SP).

“Tendo em vista que os delitos foram praticados pelo acusado contra quatro vítimas distintas, envolvendo, portanto, desígnios autônomos e lesando bens personalíssimos, reconheço que todos foram praticados em concurso material, na forma descrita no artigo 69 do Código Penal, devendo as penas serem todas somadas, totalizando 109 (cento e nove) anos e 08 (oito) meses de reclusão.

O regime inicial de cumprimento de pena será o fechado, em razão do quantum de pena aplicado, da gravidade e da hediondez do crime de estupro de vulnerável praticado pelo acusado contra quatro vítimas, durante longo período de tempo, valendo-se da sua condição de técnico dos atletas e da autoridade que exercia sobre elas”, diz trecho da decisão.

O ex-técnico foi banido em 2019 do esporte pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e pela Confederação Brasileira de Ginástica. Mas conseguiu liminar que suspendeu a decisão.

Fonte: D24am

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading