17 de julho de 2024

Hissa Abrahão dispara e deve ser o primeiro no Avante à Câmara Federal

O candidato a deputado federal Hissa Abrahão (Avante) disparou entre os candidatos que disputam uma vaga na Câmara Federal pelo Amazonas. Pesquisas de consumo interno demonstram que o empresário, professor universitário e economista deve ser o primeiro nome no partido Avante, legenda comandada pelo prefeito de Manaus David Almeida.

Nas eleições de 2018, ao disputar vaga no Senado, Hissa Abrahão obteve mais de 282,7 mil votos. Grande parte da votação foi na capital Manaus. O empenho de Hissa no pleito passado mostra o favoritismo entre os demais candidatos.

Hissa Abrahão, que já foi deputado federal, relembrou de sua trajetória como político, quando esteve como vereador, secretário de Infraestrutura e vice-prefeito de Manaus.

“Entrei na política muito cedo, e, assim como vocês, tive muitas decepções, mas, vale lembrar, que o tempo nos traz maturidade e responsabilidade social, compromisso com a população. Por isso, após o chamado do prefeito de Manaus, David Almeida, repensei, e vi a necessidade de dar voz ao povo do Amazonas”, disse Hissa Abrahão.

Nas redes sociais, o candidato a deputado federal agradeceu a população pela lembrança durante as pesquisas. “Esse resultado mostra que estamos no caminho certo. Nossa pauta é em defesa da população mais carente, dos trabalhadores, das oportunidades, das alternativas e melhoria de vida para os jovens, adultos e idosos”, disse o candidato.

Hissa Abrahão explicou que chegando na Câmara também vai trabalhar para desburocratizar e trazer alternativas para o crescimento e fortalecimento das pequenas e médias empresas. “O empresário não aguenta mais pagar tanto imposto. Temos que desburocratizar a coisa pública para ajudar o empreendedor a gerar mais emprego”, ressaltou Hissa Abrahão.

Sociobiodiversidade

Hissa Abrahão disse que entre suas propostas, além da defesa da Zona Franca de Manaus, estão as ligadas ao desenvolvimento de alternativas da sociobiodiversidade (conceito que envolve a relação entre a diversidade biológica, os sistemas agrícolas tradicionais, a chamada agrobiodiversidade e o uso e manejo dos recursos junto com os conhecimentos e cultura das populações tradicionais e agricultura familiar), além de uma economia capaz de conviver com a floresta em pé.

“O Amazonas necessita de uma voz ativa, que apresente na Câmara Federal, propostas e defesa do novo modelo econômico do Amazonas, a Zona Franca de Manaus. Recentemente, apresentei uma Carta Pela Amazônia, com 10 propostas voltadas para a sociobiodiversidade amazônica “, salientou o candidato.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading