26 de maio de 2024

Morto após tiros, lutador Thaynã Higor venceu títulos internacionais

O lutador competia como paratleta no jiu-jítsu desde 2010

Foto: Reprodução

Thaynã Higor, vítima de tiro a queima roupa na noite da última quarta-feira (12/10), em Praia Grande, no litoral de São Paulo, sagrou-se bicampeão do Abu Dhabi World Festival ParaJiu Jitsu, nos Emirados Árabes Unidos, em 2018.

Por volta das 23h, quando aguardava um carro, o lutador foi surpreendido por Maurício, que chegou por trás e deu um tiro à queima-roupa no tricampeão. O pai de Thaynã, naquele dia, fazia aniversário e aguardava o filho que o visitaria.

Morador da cidade de Guarujá, o paratleta de 25 anos tinha uma limitação nos movimentos do braço esquerdo por conta de um erro médico durante o seu parto.

O atleta começou a treinar jiu-jítsu em 2010, quando iniciou sua jornada em torneios para pessoas com deficiência. Em 2014, foi tricampeão brasileiro e mundial. Thaynã também participava de competições para pessoas não paratletas.

Thaynã Higor conquistou torneios na Confederação Brasileira Paradesportiva de Jiu-Jitsu (CBPJJ), além dos títulos em Abu Dhabi (EAU) no Parajiu-Jitsu.

A CBPJJ lamentou o falecimento de Thaynã Higor em publicações no Instagram, além de declarar uma semana de luto em homenagem ao tricampeão mundial.

*Com informações Metrópoles

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading