23 de julho de 2024

Pelo menos 125 pessoas morreram em tumulto em jogo de futebol na Indonésia

Pelo menos 125 pessoas morreram e cerca de 320 ficaram feridas em uma partida de futebol na Indonésia em um tumulto de uma multidão que tentou invadir o jogo no domingo (2). As informações foram confirmadas pelo chefe da polícia nacional da Indonésia. Anteriormente, informações das autoridades apontavam pelo menos 131 vítimas, mas a informação foi atualizada. De acordo com as autoridades locais, a tragédia pode ser uma das dos piores em estádios no mundo.

Depois que a partida na província de Java Oriental entre Arema FC e Persebaya Surabaya terminou na noite de sábado (1), torcedores do time perdedor invadiram o campo e a polícia lançou bombas de gás lacrimogêneo, provocando uma debandada e casos de asfixia, informou o o chefe de polícia de Java Oriental, Nico Afinta.

Imagens de vídeo de canais de notícias locais mostraram pessoas correndo para o campo no estádio em Malang e imagens de sacos para carregar os corpos.

Em tumultos anteriores em partidas na Indonésia, foi identificada uma forte rivalidade entre os clubes, às vezes levando à violência entre os torcedores.

Zainudin Amali, ministro do Esporte da Indonésia, disse à KompasTV que o ministério reavaliaria a segurança nos jogos de futebol, incluindo a possibilidade de não permitir espectadores nos estádios.

A liga indonésia BRI Liga 1 suspendeu os jogos por uma semana após a vitória do Persebaya por 3 a 2 e uma investigação foi iniciada, informou a Associação de Futebol da Indonésia (PSSI).

Entre os desastres globais em estádios, 96 torcedores do Liverpool foram esmagados até a morte na Grã-Bretanha em abril de 1989, quando um recinto superlotado e cercado desabou no Estádio Hillsborough em Sheffield.

A Indonésia vai sediar a Copa do Mundo Sub-20 da FIFA em maio e junho do próximo ano. Eles também são um dos três países que se candidatam a sediar a Copa da Ásia do próximo ano, o equivalente do continente ao Euro, depois que a China se retirou como anfitriã.

FONTE: CNN

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading