27 de maio de 2024

Wilson ressalta importância do setor privado na geração de empregos, em encontro com trabalhadores

Governador, candidato à reeleição, disse que Estado precisa dar condições para que as empresas se estabeleçam e gerem empregos

O candidato à reeleição pelo União Brasil, governador do Amazonas, Wilson Lima, foi recebido, nesta sexta-feira, 23 de setembro, por funcionário do porto privado Super Terminais, na zona sul de Manaus, onde ressaltou a importância da iniciativa privada para a economia do Amazonas.

“Ninguém aqui quer viver de benesses do Estado. O que a gente quer é ter condições de trabalhar. Eu estou vindo aqui para parabenizar vocês, fazer um reconhecimento do trabalho que cada um tem feito aqui”, ressaltou Wilson. Ele afirmou que a obrigação dele enquanto governador é dar condições para que as empresas se estabeleçam e gerem empregos.

“O estado do Amazonas tem uma das maiores estruturas portuárias do país. Temos esses dois terminais privados, tem os dois de Humaitá; tem o de Itacoatiara. Tem o que começa a operar em outubro, em Novo Remanso (também em Itacoatiara). E eu faço questão de mostrar isso onde eu vou”, completou o governador.

Nesta semana, Wilson visitou três importantes indústrias do Polo Industrial e empresas do setor comercial para reassumir seu compromisso com a geração de emprego e renda.

Super Terminais – A companhia conta com 400 funcionários e gera mil empregos indiretos. O Super Terminais movimento, por ano, cerca de 100 mil TEUS (unidade de volume de contêiner equivalente a vinte pés). O Super Terminais está fazendo o maior investimento da sua história, no valor de R$ 260 milhões, para a ampliação do porto.

No último dia 14 de setembro, o Super Terminais recebeu os primeiros guindastes elétricos, que vão aumentar em 25% sua produtividade. Na mesma data, recebeu um terminal tractor, destinado ao transporte e movimentação interna de contêineres.

Esse equipamento, único no Brasil, é 100% elétrico e vai complementar o projeto de sustentabilidade do Super Terminais, que prevê ações com base na redução nas emissões de dióxido de carbono (CO2).

O terminal opera cargas em contêineres, cargas de projetos e cargas soltas. A média operacional está em mais de 40 movimentos por hora, em três turnos, e 280 tomadas para contêineres frigorificados.

Fotos: Diego Peres

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading