17 de julho de 2024

Hissa Abrahão critica decisão de Barroso sobre piso salarial de enfermeiros

O candidato a deputado federal Hissa Abrahão (Avante) criticou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Roberto Barroso, de suspender o piso salarial dos enfermeiros.

De acordo com o candidato, é necessário que o país trabalhe para que os profissionais tenham o mínimo de condições para cuidar dos brasileiros.

“Nada funciona sem os enfermeiros. Quando estive na Câmara, lutamos e trabalhamos por essa categoria que tanto ajuda a população”, ressaltou Hissa Abrahão.

Hissa Abrahão explicou que a lei estabeleceu R$ 4.750 como piso salarial para os enfermeiros, 70% disso para técnicos de enfermagem e 50% para auxiliares de enfermagem e parteiras.

“O Brasil precisa acolher quem acolhe. O país precisa prestigiar e respeitar quem cuida da saúde das pessoas”, disse Abrahão.

Hissa disse ainda, que a decisão de Barroso envergonha o Supremo e traz prejuízos para a categoria que enfrenta muitas dificuldades para manter a saúde da população brasileira.

Greve

Em um vídeo divulgado no Instagram nesse domingo (4), a coordenadora do Fórum Nacional da Enfermagem, Líbia Bellusci, falou sobre a possibilidade de paralisação e greve da categoria após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading