24 de maio de 2024

Suspeito de envolvimento na morte de sargento é executado enquanto tomava café em Manaus

Enquanto tomava café, Wenceslau Rodrigues Filho, de 64 anos, foi executado a tiros na manhã desta segunda-feira (24). O fato aconteceu ao lado da Feira do Morrinho, localizada na rua Américo Alvarez, no bairro Japiim, zona Centro-Sul da capital.

De acordo com informações preliminares repassadas aos policiais militares da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), era por volta das 8h quando dois suspeitos em um carro modelo Onix, na cor preta, se aproximaram da vítima que estava fazendo uma refeição. O criminoso que estava no banco do passageiro efetuou vários tiros contra Wenceslau. Após a ação, os criminosos fugiram do local.Play Videohttps://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.540.0_en.html#goog_91835029Advertisement: 0:29

Conforme o sargento PM, Cleber Gonzaga, da 3ª Cicom, a equipe policial estava realizando um patrulhamento na área quando avistaram populares correndo assustados, ao chegar no local se depararam com o corpo do idoso no meio fio.

”Viemos atrás e nos deparamos com o cidadão jogado no chão. Nos informaram que foi um Onix preto. Pedimos apoio das outras viaturas da área e conseguimos apreender um meliante que disse ser menor de idade, ainda vamos verificar. O outro que estava com a arma sumiu”, explicou.

Ainda conforme a autoridade, populares, que não quiseram se identificar, informaram que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas e como agiotagem. Além disso, a equipe policial constatou que Wenceslau já tinha passagem por crimes.

Conforme apuração, o idoso é apontado como um dos envolvidos na morte do sargento da PM aposentado, Ronaldo Ferreira Corrêa Brito, de 61 anos, vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). O crime aconteceu na Feira do Morrinho, na Rua Maria Mansour. No dia 23 de dezembro de 2019 Wenceslau foi preso juntamente com outros dois suspeitos pelo crime, mas estava solto.

A perícia criminal esteve no local e constatou que o homem foi morto com dois tiros, um no ombro esquerdo e um na axila esquerda. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios Sequestro (DEHS) irá investigar o crime.

FONTE: EM TEMPO

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre AM 24h

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading